Select Menu
  Esta Síndrome pertence ao grupo das Miastenias, por isso também conhecida por Síndrome Miastênica de Lambert /Eaton (SMLE), obviamente com suas particularidades em relação ao surgimento e sua etio-gênese, exitem uma série de patologias que podem desencadear esta Síndrome, que foi descrita em 1956 pelos médicos : 
  A produção de auto anticorpos ACh (anticorpos anti Acetilcolina)  Ig-G dirigidos aos canais de Cálcio voltagem dependentes impedindo, bloqueando os canais de recepção de acetilcolina (mediador químico ou neurotransmissor) bem como a diminuição da liberação desta pelas vesículas pré-sinápticas entre o axônio  (terminação nervosa) e a fibra muscular (placa neuromuscular), desestabilizando todo o mecanismo de impulso nervoso (IN) levando a uma diplopia, disfagia /disartria , ou seja, paralisia de membros inferiores, pélvis, pescoço, braços principalmente. Acomete na maioria indivíduos do sexo masculino e em 60% dos casos esta associada a alguns tipos de câncer de pulmão, porém pode também neoplasias de próstata, mama, estômago e até mesmo linfomas, há  também um grupo de doenças auto-imunes, ou seja, fatores não neoplásicos que podem desencadear a SMLE entre estes temos: tireoidites, vitiligo, psoríase, Síndrome de Sjögren, esclerodermias entre outras. A primeira droga (fármaco) utilizada no tratamento foi o Cloridrato de Guanidina 


Obs.: O Botulismo também pode levar ao desencadeamento de produção das Ig-G anti acetilcolina, o diagnóstico diferenciado é feito através de exames clínicos ,laboratoriais de quantificação de anticorpos anti VGCC ,  eletromiografias entre outros. 


Resultado de imagem para sindrome de eaton lambert 

Resultado de imagem para Sindrome de Eaton Lambert

by Bolha 
  Primeiramente vamos lembrar o que é isquemia. Fenômeno fisio-patológico onde a quantidade de substratos fundamentais para um determinado tecido/órgão não é suficiente para o funcionamento do mesmo, principalmente a glicose e gás oxigênio, por conta da diminuição da perfusão (sangue injetado), isso ocorre devido a formação de um coágulo (êmbolo) e este promove a obstrução da artéria pulmonar ou das artérias brônquicas. As EP podem ser classificadas em aguda, subaguda ou crônica, de acordo com a extensão, duração e tamanho do êmbolo e os agentes causadores. 

  As principais causas são: Imobilidade prolongada (pacientes acamados), cirurgias de longa duração, células tumorais, distúrbios na coagulação sanguínea, tabagismo, reposição hormonal (estrógenos),  Doenças obstrutivas crônicas (DPOC), durante a gravidez e pós parto entre outras. 

Sintomas: dor forte no tórax de maneira repentina, falta de ar, taquicardia (batimentos acelerados do coração), respiração ofegante, palidez, fraqueza, ansiedade são os principais. 

Diagnóstico: Analise do histórico familiar, exames de imagem torácica (imaginologia) Tomografia Helicoidal, arteriografia pulmonar, cintilografia, gasometria arterial, eletrocardiograma, ecocardiograma, flebografia/duplex scan , RX de tórax e etc. 

Resultado de imagem para embolia pulmonar  Angiotomografia 


Resultado de imagem para embolia pulmonar raio x

Resultado de imagem para embolia pulmonar raio x 


by bolha


- - - - - - - - - -
 1) (MED. ITAJUBÁ) Num banco de sangue foram selecionados os seguintes doadores: grupo AB - 5; grupo A - 8; grupo B - 3; grupo O - 12. O primeiro pedido de doação partiu de um hospital que tinha dois pacientes nas seguintes condições:
 Paciente I: possui ambos os tipos de aglutininas no plasma.
 Paciente II: possui apenas um tipo de antígeno nas hemácias e aglutinina B no plasma.
 Quantos doadores estavam disponíveis para os pacientes I e II, respectivamente? 

a) 5 e 11
b) 12 e 12
c) 8 e 3
d) 12 e 20
e) 28 e 11

2) (PUCC-SP) Mariazinha, criança abandonada, foi adotada por um casal.  Um ano mais tarde, Antônio e Joana, dizendo serem seus verdadeiros pais, vêm reclamar a filha.  No intuito de comprovar a veracidade dos fatos, foi exigido um exame do tipo sanguíneo dos supostos pais, bem como de Mariazinha.  Os resultados foram: 

Antônio  B, Rh+; Joana  A, Rh-;  Mariazinha  O, Rh-.

Você concluiria que:
a)  Mariazinha pode ser filha de Joana, mas não de Antônio.
b) Mariazinha não é filha do casal.
c) Mariazinha é filha do casal.
d) Existe a possibilidade de Mariazinha ser filha do casal, mas não se pode afirmar.
e) Mariazinha pode ser filha de Antônio, mas não de Joana.

3) (UFPA)  Uma mulher recebeu uma transfusão sangüínea. Seu primeiro filho nasce com eritroblastose fetal.  Classifique, quanto ao grupo sangüíneo Rh , a mulher,  seu marido, a criança e o sangue que a mulher recebeu na transfusão:

a)  Rh-, Rh+, Rh-, Rh-
b)  Rh-, Rh+, Rh+, Rh+
c)  Rh-, Rh+, Rh-, Rh+
d)  Rh-, Rh-, Rh+, Rh-
e)  Rh+, Rh-, Rh-, Rh+
 4) (UFPA-PA) Os grupos sanguíneos ABO representam um exemplo de:

a) herança poligênica
b) polimeria
c) pseudo-alelismo
d) interação gênica
e) alelos múltiplos 

5) (Bolha) Um homem com sangue tipo A e heterozigoto, casou-se com uma mulher com sangue tipo B e filha de pai O. Qual a probabilidade de nascer uma criança com sangue tipo B e do sexo masculino.







Genótipos -   Fenótipo 
IA IA ; IA i     ---   Tipo A  
IB IB ; IB i    --  TipoB                                              
IA IB               --   Tipo AB
i i             --  Tipo O         

  •  Aglutinógenos: proteínas de superfície, também chamadas de antígenos. 
  • Aglutininas: anticorpos contra os aglutinógenos, encontradas no plasma sanguíneo. 
Sistema Rh 

Resultado de imagem para atividades de sistema ABO e RH ENEM          
Resultado de imagem para atividades de sistema ABO e RH ENEM     Resultado de imagem para atividades de sistema ABO e RH ENEM  Obs. by bolha:  Conhecida também por DHRN (doença hemolítica do recém nascido) O tratamento consiste em uma dose de vacina na mãe até 72 horas após o parto, se a tipagem for verificada durante o periodo de gestação, aplica-se a vacina na mãe alguns meses antes ou aplicar o soro anti-anti Rh+ no bebê logo após o nascimento. 
   Dia dos namorados chegando na proa, muitos casais a liberar os hormônios da felicidade, do bem estar, da plenitude, do amor e ai vai!!!!! Serotonina de um lado, adenoipófise e neuroipófise com o auxílio do grande Hipotálamo liberando na corrente sanguínea bastante feniletilamina, endorfina, dopamina, serotonina , ocitocina,  e muitos outros, que podem ser desencadeadores e acionadores para a produção de outros neurotransmissores. Aproveitando a deixa, você já adquiriu o presente da pessoa que caminha ao seu lado, que lhe faz bem, que te cuida???? Se você mora em Palmas-TO, faça seu pedido de uma cesta para o dia dos namorados, com bebidas de sua preferência, cesta de café da manhã , enfim um mimo para a pessoa que te faz feliz e liberar esse conjunto de hormônios que só nos faz bem. Entre em contato com Amanda no celular 99930-0613 = whatsapp! orçamento e dúvidas e maiores esclarecimentos. Podem entrar em contato aqui mesmo neste Blog 



A imagem pode conter: área interna

A imagem pode conter: comida e área interna
Nenhum texto alternativo automático disponível.

by Bolha 


- - - -
  Antigamente, os estudos bioquímicos e biomoleculares das gorduras (lipídios) do grupo dos colesterois, eram tratadas como colesterol ruim e colesterol bom, apesar de ainda usar essas terminologias, todos esses colesterois são necessários ao metabolismo e fisiologia em nível celular, séricos e outras estruturas biológicas. Estes colesterois, são lipoproteínas de cadeia muito leve (VLDL) de cadeia leve (LDL) de cadeia intermediária (IDL) e as de cadeia pesadas (HDL) 
O VLDL e o LDL, são aqueles que saem do fígado, indo participar da produção de hormônios, reparação das membranas plasmáticas das células entre outras funções, já o HDL, faz o caminho inverso, retorna ao fígado trazendo o excesso das gorduras do corpo para serem degradadas e formar os sais biliares. Por isso, uma dieta restrita em gorduras, só pode ser indicada para o tratamento de alguma patologia, nada de seguir dietas loucas de "zero" carboidratos e zero "gorduras" tudo feito com a orientação de um médico. 
  Sabe-se hoje que os níveis destas gorduras no sangue, tem que estar em equilíbrio, não resolve ter um com o nível alto e outro com nível baixo e vice-versa. 





Resultado de imagem para imagens colesterol


Resultado de imagem para imagens colesterol


by bolha


  Também conhecido por outros nomes: Ciclo do Ácido Cítrico, Ciclo do Ácido Tricarboxílico. Este evento fisio-metabólico, ocorre após a produção e liberação do ácido pirúvico (piruvato) logo que acontece a primeira etapa da Respiração Celular, a chamada Glicólise, que ocorre no citoplasma, já o Ciclo de Krebs, é realizado na matriz mitocondrial, isso nos seres eucariotos. Vejamos como funciona bioquimicamente este evento. 

- O ácido pirúvico (com 3 carbonos), sofre a ação da CoA (coenzima A), o carreador de energia (aceptor) denominado NAD (nicotinamida adenina dinucleotídeo), captura o H2 liberado e se transforma em NADH2 e o ácido pirúvico é convertido em Acetil CoA (com 2 carbonos) - perceba que ao longo do processo, vai acontecendo a descarboxilização (perda de carbonos) e há também a liberação de dióxido de carbono o CO2, que mais tarde sairá pelas narinas após a hematose pulmonar. A CoA reage com o ácido oxalacético formando o ácido cítrico (citrato) que possui 6 carbonos, através da ação da enzima citrato sintase , após essa etapa, acontece a formação do isocitrato pela ação da aconitase, que será convertido em fumarato e depois em malato e este perde um hidrogênio com a ação de uma enzima e do próprio NAD, o resultado é a formação do oxalato que entrará novamente no ciclo. No final teremos a produção de  2 ATPs    +  3 NADH2 e 1 FADH2 , para cada molécula que reage, portanto, multiplicamos por 2, pois, temos duas moléculas de piruvato que entra na matriz mitocondrial.  



Resultado de imagem para ciclo de krebs quantidade de ATP produzida no eucariontes


Resultado de imagem para ciclo de krebs quantidade de ATP produzida no eucariontes


By bolha . 





- - - - - - - - - - - - - -



Quando foi descoberto/isolado, diferenças entre os vírus das outras febres ^^ transmissão , exames para diagnóstico....
Lembrando as regras de probabilidades estudadas com os professores Diego Queiroz e Creide Adami _ by bolha 

Regra do “e”
A probabilidade de dois ou mais eventos independentes ocorrerem conjuntamente é igual ao produto das probabilidades de esses eventos ocorrerem separadamente

Ex. 1: Qual é a probabilidade de sair o número 5 e o número 6 ao lançar simultaneamente dois dados?
A probabilidade de sair o número 5 é de 1/6, e a probabilidade de sair o número 6 é de 1/6. Aplicando-se a regra, multiplica-se 1/6 por 1/6 = 1/36

Ex.2: Suponha que você jogue uma moeda duas vezes. Qual a probabilidade de obter duas “caras”, ou seja, “cara” no primeiro lançamento e “cara” no segundo?
A chance de ocorrer “cara” na primeira jogada é igual a ½; a chance de ocorrer “cara” na segunda jogada também é igual a1/2. Assim a probabilidade desses dois eventos ocorrerem conjuntamente é 1/2 X 1/2 = 1/4.

Regra do “ou”
A probabilidade de dois ou mais eventos mutuamente exclusivos ocorrerem é igual à soma das probabilidades de cada evento ocorrer separadamente.

Ex.1: Qual a probabilidade de, ao lançar um dado, sair a face 5 ou a face 6 voltada para cima?
            A probabilidade de sair face 5 é 1/6. A probabilidade de sair face 6 também é de 1/6. Note que esses eventos se excluem, pois se sair face 5 não poderá sair face 6. Logo, aplica-se a regra do ou: 1/6 + 1/6 = 2/6 = 1/3

Ex.2: Qual a probabilidade de se obter cara ou coroa no lançamento de uma moeda?
            A probabilidade de se obter face cara é ½ e, de se obter face coroa é de ½, logo, ½ + ½ = 2/2 = 1


Atividades 

1) )    Um casal heterozigoto para o albinismo deseja saber qual a probabilidade deles terem um filho albino e do sexo masculino?

2)    Um casal heterozigoto para o albinismo deseja saber qual a probabilidade deles terem um filho albino ou do sexo masculino?

3)    Na espécie humana, o fenótipo destro é dominante sobre o canhoto. Qual a probabilidade de um casal heterozigoto para essa característica ter um filho destro e do sexo feminino?

4)    Qual a probabilidade de um casal ter dois filhos: um do sexo feminino e outro do sexo masculino?

5)    Com relação ao albinismo, suponha que um casal – cuja mãe é homozigota recessiva e o pai é hererozigoto para essa condição – deseje saber qual é a probabilidade de o primeiro e o segundo filho nascerem com albinismo?

6)    Suponha que um casal  de indivíduos heterozigotos para o albinismo deseje saber qual é a probabilidde de seu primeiro filho nascer homozigoto dominante ou heterozigoto?

7)    Tendo em vista  que a miopia é considerada uma doença recessiva, determine a probabilidade de nascer uma criança míope de um casal normal, heterozigoto para miopia. 

8)    Suponhamos que a cor dos olhos seja estabelecida por pares de genes, onde C seja dominante para olho escuro e c recessivo para olho claro. Um homem que possua os olhos escuros, mas com mãe de olhos claros, casou-se com uma mulher de olhos claros cujo pai possui olhos escuros. Determine a probabilidade de nascer uma menina de olhos claros.

9) A fibrose cística é uma doença genética humana causada por genes recessivos e se expressa somente em homozigose. Nas pessoas afetadas, certas glândulas produzem secreções mais espessas, o que provoca principalmente distúrbios respiratórios e gastrintestinais. Explique por que casais aparentados têm maior probabilidade de gerar descendentes com doenças hereditárias recessivas.

10) Em um cruzamento entre um camundongo negro e outro branco, todos os indivíduos da geração F1 nasceram negros. A geração F2 é formada, aproximadamente, por ¾ de camundongos negros para 1/4de camundongos brancos.
A-   Faça um esquema dos cruzamentos descritos indicando os genótipos e os fenótipos
B-    Se ocorrer o cruzamento entre outros camundongos brancos da geração F2, qual será o fenótipo dos descendentes?



11) Um homem homozigoto com uma doença autossômica dominante denominada fibromatose gengival, casou-se com uma mulher normal. Qual a probabilidade de nascer um bebê com fibromatose e do sexo feminino? 






12) (Vunesp-SP) Considere o heredograma que representa uma família portadora de caráter recessivo condicionado por gene situado em um dos cromossomos sexuais.
Heredograma de uma família portadora de uma herança ligada ao sexo
A respeito dessa genealogia, podemos afirmar que:
a) a mulher 2 é homozigota
b) as filhas do casal 3 e 4 são certamente portadoras do gene.
c) as mulheres 2 e 3 são certamente portadoras do gene.
d) todas as filhas do casal 1 e 2 são portadoras do gene.
e) os homens 1 e 4 são certamente portadores do gene.

Respostas 

1) 1/8 ; 2) 3/4 ; 3) 3/8  ; 4) 1/2  ; 5) 1/4 ; 6) 3/4 ; 7) 1/4 ; 8) 1/4 ; 9) ..... 10) ......11)      12)   



- -
   Herança genética autossômica recessiva, os indivíduos acometidos por esta disfunção genética, tem uma falha na produção de melanina, pois não são capazes de produzir uma enzima chamada fenilalanina-hidroxilase, que converte a fenilalanina em tirosina ( tirosinase faz a conversão da tirosina em melanina), portanto o indivíduo tem um erro inato do metabolismo denominado Fenilcetonúria , que é encontrada na urina. Todo indíviduo albino tem que ser monitorado em relação à ingestão de alimentos que contem a fenilalanina, já que esta no Sistema Nervoso Central, causa sérios problemas de Retardo Mental, atraso no desenvolvimento psíquico, e até convulsões. Lembrando das aulas do professor bolha, pais normais portadores do gen 9(alelo) para Albinismo, podem ter filhos Albinos, já que são heterozigotos (alelos diferentes), portanto pais negros podem sim ter filhos com esta disfunção, que jé regulada por 4 (quatro) pares de alelos. 
Obs.: segundo estudos a retirada de alimentos com fenilalanina deve acontecer até os 06 (seis) primeiros anos, período onde o Sistema Nervoso Central está se formando. 

Alimentos ricos são todas as principais proteínas animais, carnes todos os tipos, peixes, balas, doces, sorvetes e guloseimas que tem fenilalanina em sua composição, tem também bebidas como alguns sucos e refrigerantes não naturais (industrializados).


- O diagnóstico é realizado através do Teste do pezinho que acusa a falta desta enzima supra citada no plasma (soro), daí o termo laboratorial: níveis séricos. 

Tratamento: por indicação de médicos e nutricionistas comer alimentos com baixíssimos níveis de fenilalanina para evitar o acúmulo no organismo. 


Didaticamente, usamos apenas um par de alelos para responder os exercícios de genética do Ensino Médio.  Aa, aa 



Resultado de imagem para fenilalanina e albinismo

Podemos verificar que os problemas pontuais estão nas enzimas 1 e 3 Genes I e III



Resultado de imagem para fenilalanina e albinismo


By Bolha 



- - - - - - - - - -
  A Diabetes é uma doença bastante comum à nossa população e que não é tratada com a devida importância por seus portadores, devido alguns sintomas as vezes silenciosos.  Temos a Tipo I ( aquela adquirida) e conhecida por Insulino-dependente, o portador produz pouca ou quase nada de insulina e a Tipo II (ligada à hereditariedade), ou seja, com cunho genético a Não insulino-dependente. 
  Na  primeira citada, temos a destruição das células Beta, uma ação autoimune, quando o próprio organismo é atacado pelo sistema Imunitário (linfócitos B/plasmócitos) produzem anti-corpos contra as células. A diabetes está ligada ao descontrole nos níveis séricos (soro sanguíneo) de glicose, um distúrbio na Gliconeogenese e na Glicogenólise em nível muscular e hepático. Estes níveis altos pode provocar, necrose de membros inferiores principalmente, retinopatia diabética (destruição da retina) nefropatia diabética, problemas neurológicos, coração, artérias entre outros. O portador pode ter uma vida normal, com boa qualidade de vida, desde que siga as recomendações medicas e use corretamente os medicamentos bem como a administração de insulina. 






Resultado de imagem para diabetes mellitus


Resultado de imagem para diabetes mellitus 

by bolha 
- - - - - -

Sugestão de Postagens

Talk Bolha